Close

Tipos de empreendedorismo digital: 5 exemplos para ganhar dinheiro na internet

A internet oferece inúmeras possibilidades para ganhar dinheiro online, mas, dentre os principais tipos de empreendedorismo digital, é preciso saber qual área melhor combina com seu perfil profissional antes de dar seus primeiros passos.

Afinal, você faz mais o perfil comerciante ou prefere criar conteúdos diversos, como artigos para blog, vídeos e produzir postagens nas redes sociais?

Ou será que você tem um carisma muito grande capaz de congregar vários seguidores em torno de uma página só para ver o que você tem para falar?

Ah, e se seu ramo for mais na pegada da educação e você gostar muito de dar aula e transmitir conhecimento?

Sem problemas! Para todos esses perfis há tipos de empreendedorismo digital que o contemplem. Diante disso, separamos cinco opções de carreira com ótimas oportunidades e probabilidade de crescimento.

Ficou curioso? Leia o conteúdo até o fim para conhecê-las melhor!

5 tipos de empreendedorismo digital

 

1. Marketing de afiliados

Dentre os tipos de empreendedorismo digital disponíveis, o marketing de afiliados é um dos que mais fazem sucesso entre os que tentam ganhar dinheiro na internet de forma mais independente.

O seu funcionamento é bem simples e ocorre da seguinte maneira: uma empresa (também chamada de produtora ou vendedora) disponibiliza para que usuários comuns de internet, como você, ganhem dinheiro a partir da divulgação da marca dessa companhia em suas redes sociais e outros canais disponíveis.

Nesse processo, geralmente, a pessoa responsável pela divulgação disponibiliza links personalizados para que possíveis clientes acessem o site da empresa e realizem suas compras. Por sua vez, esses links trazem métricas e indicadores específicos que mensuram o sucesso ou não da estratégia de aquisição dos afiliados.

Em suma, quanto mais pessoas acessarem seu link e comprarem produtos da empresa a partir de sua divulgação, mais dinheiro você vai ganhar. Isso porque as companhias dividem um percentual dos lucros das vendas com o afiliado que fez a promoção.

Então, quando você vê alguém oferecendo produtos/serviços na internet por meio de um link personalizado, saiba que essa pessoa está atuando por meio de um programa de marketing de afiliados.

2. Freelancer de conteúdo

Não só o marketing de conteúdo, mas diversos outros segmentos de divulgação de marcas na internet necessitam do trabalho de um freelancer para auxiliar nas campanhas. Esse trabalho pode ser exercido por:

  • redatores SEO (search optimization engine, ou método de posicionamento de um conteúdo nos buscadores de pesquisa);
  • gerenciador de redes sociais;
  • designer gráficos;
  • editor de vídeos, entre muitos outros.

Usemos um exemplo de marketing de conteúdo: uma empresa que quer posicionar palavras-chaves relacionadas aos seus serviços entre as primeiras páginas do Google pode requisitar o trabalho de redatores freelancer.

Esse profissional é recrutado para desenvolver artigos para blog, e-books, material para infográficos e muitos outros conteúdos que podem expandir o alcance e relevância da marca.

Já uma companhia que deseja se fortalecer nas redes sociais, por exemplo, pode requisitar o trabalho de um freelancer de designer gráfico ou de gestão de mídias sociais para executar suas campanhas.

Enfim, o próprio conceito de freelancer engloba uma série de tipos de empreendedorismo digital para aqueles que buscam uma carreira com mais flexibilidade e autonomia.

3. Influenciador digital

Continuando nossa lista de exemplos de empreendedorismo digital, falaremos agora mais diretamente com o público que possui talento ou conhecimentos específicos para falar diante de uma câmera e congregar muitos seguidores ao seu redor.

Esses são os digitais influencers (influenciadores digitais, em tradução direta) e eles protagonizam um mercado bastante aquecido e que movimenta bastante dinheiro na internet.

Desde grandes celebridades nacionalmente (e mundialmente) famosas até influenciadores bem nichados, mas que também possuem um público relevante, existem vários profissionais que trilharam caminhos diversos para brilhar nessa carreira.

Dentre as principais formas de remuneração que um digital influencer pode ter estão:

  • patrocínios;
  • anúncios pagos por meio das plataformas;
  • e até remuneração feita pela própria rede social, como é o caso do YouTube, de acordo com o grau de engajamento com o público.

Portanto, não deixe seu talento nas sombras e aproveite a oportunidade de exposição que a internet pode te oferecer.

4. E-commerce

e-commerce no brasil é um dos segmentos de mercado com crescimento mais avassalador nos últimos anos! Segundo dados da CACo setor teve um estimativa de lucro receita de R$ 304 bilhões em 2021, o que representa um crescimento substancial de 38% em relação a 2020.

Não por acaso vemos cada vez mais lojistas abrindo seu comércio virtual e utilizando os recursos da internet para expandir suas vendas e se tornar mais conhecido de seu público-alvo.

Há, por exemplo, dois espaços que varejistas ou vendedores independentes podem utilizar para negociar seus produtos: as redes sociais e os marketplaces.

Os marketplaces são espaços que funcionam como grandes shopping centers digitais e que dão espaço para milhões de lojistas exporem seus produtos em plataformas nacionalmente conhecidas, como Amazon e Mercado Livre.

Portanto, não há mais motivo para limitar seu faturamento e condicioná-lo às lojas físicas. Conte com a praticidade e flexibilidade de ter uma loja virtual!

5. Curso EAD

Você é do ramo da educação ou simplesmente tem vontade de abrir um curso para transmitir algum conhecimento específico para seus alunos, pois saiba que o digital também tem espaço para você.

Educação à Distância (EAD) é uma modalidade de ensino totalmente remota em que o contato entre professores e alunos é feito de forma integralmente online ou híbrida.

Atualmente, há um mar de empreendedores que utilizam essa alternativa para criar cursos de idiomas, aperfeiçoamento profissional, reforço escolar, programação e outras matérias diversas.

Além do mais, ferramentas como as disponibilizadas pela EAD Plataforma tendem a contribuir ainda mais para a difusão dessa modalidade de ensino, pois oferece toda a estrutura necessária para que o professor possa hospedar seu curso com riqueza de materiais pedagógicos.

Por exemplo, há um recurso tecnológico conhecido como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Com ele, é possível interagir com seus alunos em tempo real, disponibilizar materiais, fazer sessões ao vivo e muito mais.

Incrível, não é verdade? Esses são cinco de outros vários tipos de empreendedorismo digital que você pode investir para ganhar dinheiro na internet.

Esperamos que tenham gostado da nossa lista e fiquem de olho em mais conteúdos do blog. Até a próxima!

Fonte: EAD Plataforma

Deixe um comentário Cancelar resposta

Sair da versão mobile